PDR2020 / O PDR2020 / Arquitetura / Área 3-Ambiente, Eficiência no Uso dos Recursos e Clima / Medida 8-Proteção e Reabilitação de Povoamentos Florestais / Ação 8.1-Silvicultura Sustentável / Operação 8.1.5-Melhoria da Resiliência e do Valor Ambiental das Florestas

Operação 8.1.5. Melhoria da Resiliência e do Valor Ambiental das Florestas

Os principais objetivos destes apoios são:

  • Adaptação às alterações climáticas e mitigação dos seus efeitos, promoção dos serviços de ecossistema (ar, água, solo e biodiversidade) e melhoria da provisão de bens públicos pelas florestas;
  • Reabilitação de povoamentos identificados pela entidade competente como estando em más condições vegetativas potenciando riscos ambientais graves, designadamente, manchas de povoamentos florestais resultantes de regeneração natural após incêndio com densidades excessivas, povoamentos de quercíneas, ou outras espécies, em processo de declínio e povoamentos instalados em condições ecologicamente desajustadas.

Para saber mais sobre esta Operação, consulte a legislação e documentos de suporte à submissão de candidaturas, que disponibilizamos nesta página:


Portaria n.º 274/2015 de 2015-09-08

Ministério da Agricultura e do Mar

Estabelece o regime de aplicação das operações 8.1.1, «Florestação de terras agrícolas e não agrícolas», 8.1.2, «Instalação de sistemas agroflorestais», 8.1.5, «Melhoria da resiliência e do valor ambiental das florestas», e 8.1.6, «Melhoria do valor económico das florestas», inseridas na ação 8.1, «Silvicultura sustentável», da medida 8, «Proteção e reabilitação dos povoamentos florestais», do Programa de Desenvolvimento Rural do Continente, abreviadamente designado por PDR 2020

Portaria n.º 394/2015 de 2015-11-03

Ministério da Agricultura e do Mar

Aprova a tabela normalizada de custos unitários

Portaria n.º 249/2016 de 2016-09-15

Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural

Alteração de várias portarias do Programa de Desenvolvimento Rural do Continente (PDR 2020)

Portaria n.º 46/2018 de 2018-02-12

Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural

Procede à alteração de várias portarias do Programa de Desenvolvimento Rural do Continente (PDR2020).

Portaria n.º 89/2018 de 2018-03-29

Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural

Procede à terceira alteração à Portaria n.º 274/2015, de 8 de setembro, alterada pelas Portarias nºs 249/2016, de 15 de setembro e 46/2018, de 12 de fevereiro, que estabelece o regime de aplicação das operações 8.1.1. «Florestação de terras agrícolas e não agrícolas», 8.1.2. «Instalação de sistemas agroflorestais», 8.1.5. «Melhoria da resiliência e do valor ambiental das florestas» e 8.1.6. «Melhoria do valor económico das florestas», inseridas na ação 8.1. «Silvicultura sustentável» da medida 8 «Proteção e reabilitação dos povoamentos florestais» do Programa de Desenvolvimento Rural do Continente, abreviadamente designado por PDR 2020.

Portaria Nº 111 - A/2018 de 2018-04-27

Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural

Procede à primeira alteração à Portaria n.º 394/2015, de 3 de novembro

Portaria n.º 205/2018 de 2018-07-11

Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural

Procede à quarta alteração à Portaria n.º 274/2015, de 8 de setembro, que estabelece o regime de aplicação das operações 8.1.1, «Florestação de terras agrícolas e não agrícolas», 8.1.2, «Instalação de sistemas agroflorestais», 8.1.5, «Melhoria da resiliência e do valor ambiental das florestas», e 8.1.6, «Melhoria do valor económico das florestas», inseridas na ação 8.1, «Silvicultura sustentável», da medida 8, «Proteção e reabilitação dos povoamentos florestais», do Programa de Desenvolvimento Rural do Continente, abreviadamente designado por PDR 2020.


Operação 8.1.5 - Melhoria da Resiliência e do Valor Ambiental das Florestas (2º Anúncio)

A tipologia da intervenção a apoiar diz respeito a investimentos que visem o aumento da resistência e a recuperação do valor ambiental de povoamentos florestais, recorrendo ao aproveitamento de regeneração natural de povoamentos da espécie Pinus pinaster e ações associadas, ao nível das explorações florestais nas áreas onde tenha ocorrido um corte final há mais de cinco anos ou um incêndio há mais de três anos, podendo neste último caso assumir uma escala territorial relevante.

Aberto de 12 de Junho de 2017 às 12:00 a 29 de Setembro de 2017 às 17:00

Operação 8.1.5 - Melhoria da Resiliência e do Valor Ambiental das Florestas (3º Anúncio)

A tipologia da intervenção a apoiar diz respeito a investimentos que visem o aumento da resistência e a recuperação do valor ambiental de povoamentos florestais, recorrendo ao aproveitamento da regeneração natural ou adensamento de quercíneas, ao nível das explorações florestais e de escala territorial relevante. Em áreas de montado de sobro e azinho, poderá recorrer-se ao adensamento misto de quercíneas com Pinus pinea.

Aberto de 12 de Junho de 2017 às 12:00 a 29 de Setembro de 2017 às 17:00

Operação 8.1.5 - Melhoria da Resiliência e do Valor Ambiental das Florestas - Norte (4º Anúncio)

Aberto de 31 de Julho de 2018 às 10:00 a 20 de Dezembro de 2018 às 17:00

Operação 8.1.5 - Melhoria da Resiliência e do Valor Ambiental das Florestas - Centro (5º Anúncio)

Aberto de 31 de Julho de 2018 às 10:00 a 20 de Dezembro de 2018 às 17:00

Operação 8.1.5 - Melhoria da Resiliência e do Valor Ambiental das Florestas - Lisboa (6º Anúncio)

Área de abrangência da Região Lisboa, a nível da NUT II

Aberto de 29 de Agosto de 2018 às 10:00 a 20 de Dezembro de 2018 às 17:00

Operação 8.1.5 - Melhoria da Resiliência e do Valor Ambiental das Florestas - Alentejo (7º Anúncio)

Área de abrangência da Região Alentejo, a nível da NUT II

Aberto de 29 de Agosto de 2018 às 10:00 a 20 de Dezembro de 2018 às 17:00

Operação 8.1.5 - Melhoria da Resiliência e do Valor Ambiental das Florestas - Algarve (8º Anúncio)

Área de abrangência da Região Algarve, a nível da NUT II

Aberto de 29 de Agosto de 2018 às 10:00 a 20 de Dezembro de 2018 às 17:00

Operação 8.1.5 - Melhoria da Resiliência e do Valor Ambiental das Florestas (1º Anúncio)

Aberto de 2 de Outubro de 2015 às 12:00 a 29 de Fevereiro de 2016 às 19:00

Lista(s) de classificação final
  • 1º Periodo | 26/07/2017 | (325,17 kB)
  • Adaptadosº Periodo | 29/03/2017 | (117,96 kB)

Orientação Técnica Específica n.º 54/2017
OTE n.º 54/2017 (480,72 kB)
Orientação Técnica Específica n.º 55/2017
OTE n.º 55/2017 (509,37 kB)
Orientação Técnica Específica n.º 62/2017
Norma de Análise - Pinus Pinaster
N2/A3/8.1.5/2018 (476,55 kB)
Norma de Análise - Quercíneas
N2/A3/8.1.5/2018 (480,80 kB)
Orientação Técnica Específica n.º 83/2018
Listagem de espécies a privilegiar por SRH do PROF
Orientação Técnica Específica n.º 11/2015